O profissional da fisioterapia pode atuar tanto em hospitais e unidades de saúde quanto de forma autônoma com seu próprio consultório. Mas, para que o fisioterapeuta prospere em seu negócio é necessário entender o seu mercado e as necessidades dos seus pacientes. Por isso, algumas ações consideradas básicas como a forma de atender os pacientes / clientes ou até aquelas que exigem mais conhecimento como o de marketing, por exemplo, precisam ser executadas. Todo o consultório precisa funcionar muito bem para que o empreendimento cresça, ganhe maior visibilidade e se destaque.

Nesse sentido, algumas ações e dicas práticas podem fazer total diferença tais como:

Realizar ótimos atendimentos


Se tem algo que pode diferenciar de forma significativa um consultório é o atendimento humanizado. Um atendimento mais acolhedor faz com que os seus pacientes se sintam mais satisfeitos com o seu serviço e aumenta as chances de recomendá-lo para amigos e parentes.

O ideal é trabalhar de forma a encantar os seus pacientes, atendendo cada um de forma única, explicando sobre o problema que ele apresenta, as técnicas de tratamento que você usará, a importância da colaboração do paciente e o tempo médio em que será possível notar melhoras.

O pós-atendimento também é muito importante. Quando o paciente tiver alta, aguarde uns dias e faça contato com ele. Uma ligação telefônica já será suficiente, questionando se ele ficou satisfeito com o atendimento que recebeu, o que poderia ser melhorado, se está se sentindo bem e se as dores reduziram, entre outras questões.

Fazer treinamentos constantes


Quanto mais o dono ou dona da empresa e os seus colaboradores estiverem atualizados, melhor será para prestar um atendimento de excelência aos pacientes. Por isso, investir em treinamentos e cursos de especialização é de extrema importância, conhecendo novas técnicas e possibilidades de serviços que o diferencie da concorrência.

No entanto, o foco não deve ser somente na fisioterapia ou na saúde. Por exemplo, quem gerencia o consultório pode adquirir outros tipos de conhecimento, como matemática financeira, marketing pessoal, gestão de pessoas, entre outros.

Ter uma boa equipe e saber delegar funções


Uma boa equipe de funcionários é algo indispensável em um consultório, até porque, será mais difícil conseguir realizar os atendimentos, trabalhar na recepção e desempenhar todas as funções necessárias.

No momento de contratar, o ideal é buscar por pessoas que tenham uma visão parecida com a sua e que estejam de acordo com a ideologia que o consultório representa. Caso a intenção seja de tornar o consultório uma empresa conhecida por usar técnicas modernas, o recomendado é buscar por profissionais que também tenham a motivação de continuarem estudando e se especializando.

Quanto mais os funcionários se identificarem com a sua clínica, mais motivados eles trabalharão, melhorando o atendimento que prestam aos seus pacientes. Vale também oferecer treinamentos periódicos e criar rotinas para cada função.

Nesse processo é fundamental saber delegar tarefas, evitando centralizar todas as decisões no proprietário ou proprietária da empresa, algo que pode trazer morosidade ao seu dia a dia. Uma equipe bem treinada, alinhada com a cultura empresarial e de confiança irá facilitar a hora de delegar funções.

Pense no lado financeiro


Muitas empresas buscam o crescimento sustentável, isso significa conseguir crescer, mas sem colocar em risco a qualidade do serviço que prestam e nem a vida financeira do consultório. No entanto, para conseguir esse objetivo, é fundamental ter um controle preciso de tudo o que entra e sai em termos de dinheiro do seu consultório, evitando contrair dívidas, financiamentos e créditos.

Dessa forma, entender todos os custos fixos e variáveis do seu negócio é essencial para que o dono ou dona do consultório faça um planejamento financeiro, prevendo a receita média de cada de mês e trabalhando dentro desse limite.

É importante também fazer uma reserva para emergências, garantindo que nenhum problema coloque em risco o seu financeiro. Algumas dicas essenciais nesse quesito são:


- Separar as contas da clínica e as pessoais e evitar tirar dinheiro do caixa em benefício próprio ou "socorrer" a empresa em momentos complicados;

- Definir um pró-labore para você e para os sócios;

- Fazer um bom fluxo de caixa e ter controle das entradas e saídas diárias;

- Saber quais são os custos fixos e variáveis e ficar de olho para que nenhum suba mais do que o esperado;

- Saber qual é a sua margem de contribuição para cada serviço que presta e entender se ela é suficiente para pagar os funcionários, quitar as dívidas, pagar os impostos e ainda ter dinheiro para reinvestir no seu negócio;

- Fazer um planejamento financeiro anual baseado nas suas métricas mês a mês e estar atento para que tudo esteja de acordo com o planejado, pensando em medidas para reverter meses de baixa antes mesmo que eles se instalem.

Ter um bom networking


Diversos fisioterapeutas conseguem atrair pacientes por indicações, e isso também ocorre por meio da recomendação de outros profissionais da área da saúde, como médicos, terapeutas ocupacionais, educadores físicos, psicólogos, entre outros profissionais.

Por isso, é importante manter um bom relacionamento com essas pessoas. Quanto mais profissionais conhecerem o seu trabalho e atestarem a sua qualidade, mais pacientes o consultório receberá, fazendo com que a sua clínica cresça.

Há muitas maneiras de trabalhar o networking, seja participando de feiras e congressos na área de fisioterapia, dando palestras sobre temas da área fisioterápica, participando de grupos de discussão nas mídias sociais, fazendo parcerias, entre outras.

Investir no marketing


Lembre-se da máxima do "quem não é visto não é lembrado", pois, se as pessoas não conhecem seu consultório e nem sabe dos diferenciais da empresa como irão visita-lo? Sendo assim, ter um bom planejamento de marketing é fundamental para fazer a sua clínica crescer.


Nesse sentido, o ideal é reservar uma quantidade de dinheiro para investir nessas estratégias e estar atento no seu público-alvo, determinando as melhores ações de acordo com as características dessas pessoas.

E, claro, não se esqueça do poder da mídia espontânea, ou seja, daquela que é feita sem que você tenha que pagar por um anúncio publicitário, como a participação em jornais, revistas, programas de TV, entre outros.

Outras ações de Marketing Digital que podem ajudar a sua clínica fisioterapêutica são:

Investir no poder que as redes sociais têm de chamar a atenção do público;

Criar uma página no Facebook e um perfil no Instagram para mostrar fotos do seu consultório e publicar informações para o público-alvo;

Investir em anúncios pagos, no Facebook e no Instagram.


Conhecer muito bem seu público-alvo


Para elaborar as ações de marketing mais eficientes para a sua clínica fisioterapêutica, é de extrema importância que você conheça bem o seu público-alvo, ou seja, seus pacientes. Quem são essas pessoas? Qual é o perfil socioeconômico delas? Como os seus pacientes veem o seu negócio? O que mais tem agradado o seu público? E o que tem sido desagradável para eles? Responda a essas questões para saber como agradar o seu público e, consequentemente, conquistar novos pacientes.

Também é importante saber como o seu público-alvo se comporta diante da sua clínica de fisioterapia. Por isso, analise se eles aprovam o seu modelo de trabalho, se concordam com a política empresarial e, principalmente, se indicariam a sua clínica para outras pessoas. Caso apresente falhas no atendimento ou na gestão do consultório a partir de relatórios, é essencial mudar o sistema de gestão para agradar um número maior de clientes.

Ter um consultório equipado


Investir em bons e modernos equipamentos, garantindo que tecnologia suficiente para prestar ótimos atendimentos fazem total diferença. Um consultório bem equipado favorece a plena recuperação dos seus pacientes e torna mais fácil o dia a dia dos fisioterapeutas.

Outra dica é tentar sempre renovar os equipamentos da clínica, buscando aqueles que estejam de acordo com os novos protocolos e tratamentos oferecidos, reciclando a sua prática.

Se você atua na área da fisioterapia de forma autônoma e deseja aprofundar seu conhecimento em gestão e empreendedorismo, conheça e se matricule no MBA em Empreendedorismo, Gestão e Inovação do Instituto Monte Pascoal. Amplie seu negócio e se destaque no mercado.



Fonte: Carci e iMedicina

Imagem: 123RF