A fisioterapia home care, assistência onde cuidados fisioterápicos são realizados na casa do paciente, permitindo uma avaliação profissional quanto a realidade e dificuldades do mesmo, foi uma medida normatizada pelo Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (COFFITO) em 2017. Com isso, o paciente que possui dificuldade em frequentar uma clínica por diversos motivos sejam eles de transporte, tempo, condições físicas, entre outras situações, pode ter o atendimento com o profissional da fisioterapia no conforto do seu lar.

De acordo com a resolução elaborada pelo Coffito no que diz respeito a atenção domiciliar de fisioterapia, cabe ao profissional:


Realizar consulta, diagnóstico fisioterapêutico / cinesiológico-funcional, prognóstico, tratamento e alta fisioterapêutica;

Dimensionar a equipe de Fisioterapia;

Planejar, organizar, coordenar, supervisionar e avaliar a prestação da assistência de Fisioterapia;

Executar os métodos e técnicas de fisioterapia para os quais estejam habilitados e quando necessário, solicitar avaliação e acompanhamento de fisioterapeuta especialista;

Exercer sempre que possível a interdisciplinaridade, trocando informações com os demais profissionais de saúde envolvidos, visando integralidade da gestão do cuidado centrado no paciente;

Avaliar, organizar e coordenar as condições ambientais, equipamentos e materiais necessários à atenção fisioterapêutica competente, resolutiva e segura;

Estimular de forma contínua a capacitação da equipe de fisioterapia que atua na atenção domiciliar/Home Care.

Como funciona?


No atendimento home care fisioterápico, o fisioterapeuta vai atender, tratar e reabilitar utilizando o espaço domiciliar do paciente, conforme suas necessidades e condições patológicas, até porque cada paciente é um caso único e ímpar, que precisa de cuidados e adequações particulares.

Antes de iniciar o atendimento, para que sejam designadas às necessidades e possíveis adaptações domiciliares, é necessário fazer uma avaliação fisioterapêutica que inclui:

Exame Físico Geral – analisa o nível de consciência, estado afetivo, distúrbios de cognição e linguagem.

Inspeção – avaliar a necessidade de sonda, presença de curativos, edemas, coloração da pele, trofismo muscular, se existem deformidades ósseas e articulares, etc.

Avaliação Respiratória – avaliar o tipo de tórax, ritmo respiratório, ventilação, padrão respiratório, expansibilidade, ausculta e se faz uso de ventilação mecânica.

Palpação – envolve o tônus muscular, amplitude de movimento, força muscular, reflexos patológicos, testes de coordenação e mobilidade no leito.

Depois de realizar a avaliação, o fisioterapeuta deve conversar com os familiares pois se forem necessárias alterações no domicílio, elas devem ser feitas para que haja um melhor aproveitamento da terapia.

Entre os principais objetivos da fisioterapia home care estão:


Reduzir ou prevenir riscos e complicações decorrentes de patologias como diabetes, hipertensão arterial e etc;

Deixar claro para o paciente e seus familiares as limitações da deficiência e o compromisso do tratamento, fazendo uso de recursos terapêuticos adequados para isso;

Proporcionar maior independência e autonomia possível ao paciente;

Prevenir os acidentes em domicílio;

Ajudar a propiciar o retorno das atividades de vida diária;

É função do fisioterapeuta durante os atendimentos de home care:

Participar do processo de admissão do paciente;

Elaborar, supervisionar e executar um programa terapêutico que deverá ser realizado após a avaliação completa, com o objetivo de restaurar, desenvolver e conservar a capacidade física do paciente, promovendo independência funcional máxima e prevenindo complicações;

Prescrever órteses e equipamentos quando foram necessários;

Capacitar o cuidador para que ele possa auxiliar o paciente a atuar na ausência do terapeuta, para dar continuidade do tratamento;

Agendar as sessões conforme o plano terapêutico;

Realizar avaliações periódicas no decorrer do tratamento, reformulando condutas e procedimentos quando necessário;

Conscientizar a família, o cuidador e o próprio paciente sobre a importância de sua participação no processo de reabilitação para conseguir sucesso no tratamento;

Orientar e identificar barreiras arquitetônicas no domicílio para promover uma independência funcional mais adequada.

Benefícios do atendimento home care


O atendimento domiciliar personalizado permite: individualizar o serviço, diminuindo o risco de iatrogenias; desenvolver ações cuidativas na privacidade e segurança que o domicílio do paciente oferece; permitir ao paciente e a família um maior controle sobre o processo de tomada de decisões; desenvolver uma parceria entre a equipe de saúde e o paciente no alcance de metas estabelecidas; garantir cuidados e insumos mínimos com economia de hotelaria, redução de internações e reinternações, disponibilização de leitos hospitalares, resultando em diminuição de custos de assistência; pacientes acamados necessitam de cuidados especiais para evitar a progressão da doença e evitar complicações causadas pelo imobilismo.

Vantagens para o paciente


O paciente não precisará se locomover até a clínica;

O atendimento da fisioterapia home care permite que o paciente seja atendido em casa, facilitando a vida do paciente e dos cuidadores;

O paciente pode escolher o horário em que se sente mais confortável para realização de sua terapia;

O atendimento no lar do paciente aumenta a sensação de conforto durante a terapia, fazendo com que ele queira participar mais ativamente do processo de reabilitação;

Está do lado da sua família, o que pode garantir maior segurança por parte do paciente;


Aumento significativo na recuperação, pela personalização do tratamento para cada paciente;

O atendimento domiciliar auxilia para uma recuperação mais rápida e eficaz.

Se você atua na área da fisioterapia e deseja se tornar um profissional autônomo seja trabalhando somente com home care ou tendo sua própria clínica, mas, não sabe como lidar com o empreendedorismo, saiba que o Incursos possui uma pós-graduação feita para você. Conheça e se matricule na especialização em Empreendedorismo, Gestão e Inovação. Dê um passo à frente na sua vida profissional e se torne referência no mercado de trabalho.



Fonte: Creffito 15 e Nova Fisio

Imagem: 123RF