A pratica de exercícios costuma ser mais comum entre os jovens que estão em busca de corpos malhados e magros, mas, ao longo do tempo a ausência de atividades físicas trazem efeitos para quem já se encontra na chamada terceira idade. É nesse momento da vida que o corpo precisa envelhecer de forma saudável já que se encontra mais frágil e mais sujeito a desenvolver diversas patologias. Nesse sentido, a pratica do pilates pode intervir trazendo qualidade de vida e diversos benefícios para os idosos.


De acordo com o IBGE, o Brasil já se encontra com 23,5 milhões de pessoas na terceira idade e a estimativa para 2026 é que o país se torne o sexto do mundo com mais idosos. Tendo em vista esse alto índice é primordial que os maiores de 60 anos busquem não só manter uma boa alimentação, mas também aderir o pilates e/ou começar a ter uma rotina de exercícios físicos.

As pessoas que praticam pilates percebem que o corpo ganha um maior condicionamento, no qual, ajuda a fortalecer os músculos e melhora a flexibilidade, por isso, o método é um grande aliado para quem já se encontra com idade avançada. É com a chegada da terceira idade que o indivíduo apresenta dores articulares, diminuição da flexibilidade, força e equilíbrio, e a pratica de atividades como o pilates é fundamental.

É a partir dos 60 anos que a pessoa começa na terceira idade, e se caracteriza por mudanças físicas e orgânicas do ser humano, mudando suas funções e trazendo alterações no comportamento. Porém, o envelhecimento ocorre em diferentes aspectos da vida podendo ser elas: biológicas, sociais, psicológicas, econômicas e políticas, dependendo de diversos fatores ocorridos em outras fases da vida. Por isso, a terceira idade não incorpora em um único conceito, já que a idade cronológica pode não ser a mesma que a idade biológica e social do ser humano.

Patologias que acometem o corpo com a chegada do envelhecimento


Como foi dito antes é na fase da terceira idade que o corpo fica mais propenso a ter patologias. Uma razão para isso é que a partir desse momento o corpo perde nutrientes e os músculos juntamente com os ossos ficam mais frágeis.


Por isso, as principais patologias que podem acometer o corpo nessa fase de envelhecimento são: diabetes; hipertensão; osteoporose; problemas cardíacos; Avc; pneumonia; perda da audição; alzheimer; diminuição da capacidade pulmonar; problemas de circulação; catarata; artrose; perda da coordenação motora; alteração da postura; perda da flexibilidade.

Pilates na terceira idade


O Pilates é um método criado por Joseph Pilates que tem a finalidade de realizar movimentos de alongamento que utilizam o peso do próprio corpo na sua execução. Sendo assim, o método é uma técnica de reeducação do movimento que visa trabalhar o corpo todo, trazendo equilíbrio muscular e mental.

Por executar vários grupos musculares de forma simultânea, o pilates por meio de seus movimentos suaves e contínuos, melhora a concentração, o fortalecimento e estabiliza os músculos centrais do corpo. Além disso, o método atua na postura, alongando e tonificando os músculos sem exageros.

De acordo com a fisioterapeuta Letícia dos Santos Cardoso, a pratica do pilates na terceira idade é importante porque há uma perda no equilíbrio e coordenação motora do corpo nessa fase da vida, e isso aumenta o risco de quedas além de outras lesões. "A pratica do pilates é importante porque melhora tanto o equilíbrio quanto a coordenação motora. Auxilia no fortalecimento do corpo, na flexibilidade e na consciência corporal."


Letícia também esclarece que as variações de exercícios contidos no pilates garante vários benefícios que ajudam até mesmo a prevenir ou proporcionar um alívio das doenças crônicas.


Os movimentos estabelecidos no pilates podem ser realizados tanto para garantir o condicionamento físico de uma pessoa saudável quanto para reabilitar os indivíduos que possuem algum tipo de lesão.

Benefícios do pilates


Diminui as dores


O indivíduo que já se encontra na terceira idade é comum sentir dores nas articulações. Isso acontece porque com o passar do tempo a tendência dos ossos e se desgastarem mais gerando certos tipos de problemas que desencadeiam as dores.

Com a pratica do pilates o corpo todo se movimenta, trabalhando todas as articulações de uma só vez. Dessa maneira, o corpo garante uma melhor estabilidade e as dores consequentemente diminuem.


Evita lesões


Durante a fase de envelhecimento é comum que possíveis lesões aconteçam devido aos desequilíbrios corporais. Para que as quedas ou contusões sejam evitadas a pratica do pilates vai fazer com que o corpo seja fortalecido e garantir maior condicionamento físico, fazendo com que as chances de lesões sejam completamente reduzidas.

Corrige a postura


A pratica do pilates costuma ser aliado da coluna, pois, trabalha diretamente com a postura ao realizar os movimentos que fortalecem as vertebras da coluna vertebral e ajudam a garantir uma consciência corporal para que seu corpo continue funcionando "nos eixos".

Previne doenças e reabilita as patologias já existentes


Com as diversas patologias que podem ser adquiridas na terceira idade a pessoa pode sentir dores e fadigas. Para prevenir essas situações a pratica do pilates ajuda trabalhando todo o corpo, auxiliando na prevenção de doenças, além de fortalecer e garantir um maior condicionamento físico.

Os exercícios contidos no método de pilates também atuam na musculatura com a finalidade de fortalecer, colaborando com a melhora do quadro clínico na região do corpo que se encontra fragilizada. É por isso que diversas pessoas que precisam de reabilitação buscam a pratica de pilates.


Aumenta a flexibilidade


Um ganho que a pessoa adquire na prática do pilates é o aumento na flexibilidade corporal, na qual, é garantida através dos exercícios do método que trabalha constantemente o corpo alongando e tonificando, até mesmo para quem se encontra na terceira idade.

Estimula a consciência corporal


Essa consciência acontece a partir do momento em que o indivíduo passa a compreender como seu corpo funciona e consequentemente terá uma maior consciência corporal e estará colaborando para a melhora da sua saúde sem precisar de auxilio o tempo todo nesse quesito.

Melhora a atenção


É normal que na terceira idade a pessoa fique mais dispersa as vezes, mas quando isso acontece de forma recorrente pode prejudicar o seu rendimento. E, apesar do pilates trabalhar todo o corpo a pratica também atua na concentração, pois é necessário entender os movimentos que são propostos para realiza-los corretamente.

Dessa forma, os praticantes do pilates conseguem garantir uma melhor concentração e se beneficia não só na hora de praticar o método, mas também no seu dia-a-dia.

Bem-estar


E por último, mas não menos importante, está o bem-estar proporcionado nos praticantes de pilates que independentemente da idade aumentam seu círculo de amizade com diversas pessoas praticando o método no mesmo local, além de todos os benefícios que proporcionam uma vida melhor.


Se você atua na área da fisioterapia e gosta de lidar com a reabilitação voltada para idosos, a especialização em Gerontologia, Dimensões Biológicas, Psicológicas e Sociais da Incursos foi feita para você. Amplie suas técnicas profissionais e se destaque no mercado de trabalho.



Fonte: Revista Pilates e Letícia dos Santos Cardoso Crefito: 28997-F

Imagem: Envato Elements