A Quiropraxia surgiu nos Estados Unidos (EUA), significa praticar com as mãos, é uma profissão voltada para à área da saúde. Tendo como objetivo aliviar dores e problemas causados pela má postura.

De acordo com o Fisioterapeuta, Wanderson Cardoso, a técnica é aplicada por meio de alongamentos e movimentos rápidos na coluna e articulações. Visando o ajuste e melhoramento no potencial da ação. Segundo ele, além de ser aplicada por meio de manipulações manuais, alguns profissionais realizam o procedimento com o auxílio de aparelhos que firme a tensão prática nas articulações e músculos. Gerando assim, o relaxamento mediato dos músculos.


O tratamento de Quiropraxia busca melhorar sintomas como dores crônicas e agudas relacionadas a coluna, dores no pescoço, tensão muscular, hérnia de disco, dor ciática, problemas de movimentação no punho, ombro, tornozelo e joelho. Para Wanderson, a função primordial é trazer aos seus pacientes uma melhor qualidade de vida.

"Meus pacientes em sua grande maioria buscam a Quiropraxia para melhorarem sono, enxaqueca, capacidade atlética e até mesmo melhorar funções orgânicas. Tem pacientes que inicialmente vão com dores, e após melhorarem, passam a fazer sessões mensais para manutenção de saúde e prevenção de um novo problema", afirma.

Ricardo alerta que a Quiropraxia deve ser evitada por pacientes que possuem fraturas não consolidada, Osteoporose com grande perda percentual de massa mineral óssea na cabeça do fêmur e lombar, gestantes e pacientes diagnosticados com câncer ósseo em estágio avançado e pessoas que passaram por um procedimento cirúrgico.


Recentemente foi publicado pelo COFFITO uma resolução que adverte a Quiropraxia como especialidade do fisioterapeuta, da qual já estava sendo praticada pelos profissionais da área.


"Na verdade, não há lei que proíba outros profissionais a aplicação da Quiropraxia, não houve alteração na prática da técnica. O COFFITO foi vencedor em relação ao veto que a ABQ queria impor ao profissional fisioterapeuta em relação a aplicação, divulgação, formação e especialização em Quiropraxia", explica.

É importante ressaltar que qualquer profissional da área da saúde possa realizar está atividade, porém, deve ter um conhecimento técnico qualificado. Pois um atendimento incorreto pode gerar sérios danos à saúde do paciente.
"A Quiropraxia é uma terapia física, portanto o profissional mais preparado para atuar com tratamentos através de estímulo físico sem dúvidas é o fisioterapeuta. A preparação em relação a anatomia, cinesiologia (estudo do movimento), diagnóstico cinético- funcional é muito intenso durante a graduação em Fisioterapia", diz o fisioterapeuta.


O procedimento de Quiropraxia é feito de forma prática, para o profissional, os benefícios relatados por seus pacientes é que o tratamento tem melhorado a insônia, sentem-se mais relaxados e com autoestima positiva. A Quiropraxia não só trata a prevenção de dores musculares, como também busca a causa que está provocando os sintomas relatados pelos pacientes.


Raquel Lima

Fonte de imagem: artritereumatoide.blog.br