Segundo o coordenador do Departamento Cientifico de Dor, da Academia Brasileira de Neurologia (ABN), Rogerio Adas, a Fibromialgia é uma síndrome que se caracteriza por ser constantemente uma dor generalizada. Podendo ser uma doença primária, constituída por si só, ou secundaria, ampla de várias doenças, como diabetes, doenças reumáticas ou uso de medicamentos.

A fibromialgia é uma doença que não tem cura, possuindo dores em várias partes do corpo, como dor de cabeça, tronco e membros. Os principais sintomas é insônia, enfraquecimento na realização de atividades, estresse pós-traumático, no qual é desencadeado por traumatismo psicológico, físico e uma infecção séria. Depressão, ansiedade e a falta de concentração também são sintomas causados pela fibromialgia, essas condições devem ser tratadas corretamente.


O tratamento da doença é feito por meio de atividades físicas, realizadas por especialistas da área. Cada caso irá depender da intensidade e frequência de dor que o paciente estiver sentindo. Já que é uma doença incurável, a prática destes exercícios tem como objetivo principal poder minimizar as dores no corpo. A doença de fibromialgia é diagnostica por exames clínicos solicitados pelo profissional, que irá detectar os sintomas correlatados pelo paciente. É feito uma observação nas regiões das dores existentes no corpo.


Fonte: portalabn

Fonte: Google