Vários são os mitos e dúvidas sobre a dor, e a falta de informação sobre o assunto pode gerar problemas tais como ignorar sintomas importantes, se sentir excessivamente alarmado em casos desnecessários ou tratar as dores de modo inadequado, seja com hábitos os ingestão de medicamentos não indicados.


A fim de informar e esclarecer algumas dúvidas sobre o assunto, segue abaixo uma lista com 8 mitos comuns sobre a fisioterapia e a dor:


  • 1- A dor significa que existe uma lesão no corpo
    Nem sempre a dor é um sinal de que existe uma lesão. A dor aguda deve nos manter atentos sobre alguma lesão que possa ter ocorrido em nosso corpo, mas existem dores crônicas, onde o sistema nervoso entra em colapso e mantém a dor persistente.



  • 2- Ignorar a dor fará com que você não a sinta mais
    Ignorar a dor só fará com que seu foco se mantenha em alguma outra coisa, mas a dor continuará lá, e assim que seu foco voltar à dor, você também voltará a percebe-la (principalmente em casos crônicos). Contudo, durante um tratamento é possível que o fisioterapeuta aumente o foco em sua função e minimize o foco na dor.


  • 3- As mulheres lidam melhor com a dor que os homens
    Ainda que pesquisas mostrem com frequência diferenças entre homens e mulheres relacionadas à intensidade da dor isso não pode ser generalizado. A sensibilidade e o modo como cada um lida com a dor é individual.



  • 4- Pessoas com dor só podem ser tratadas com indicação médica
    A fisioterapia está, cada vez mais, se tornando uma opção eficaz para o controle da dor. Muitos pacientes, dependendo do caso, podem procurar diretamente um fisioterapeuta, porém é importante e ideal um tratamento com integração entre médico e fisioterapeuta.


  • 5- Devo ficar em repouso sempre que estiver com dor
    Em alguns casos o repouso pode auxiliar, mas o excesso de repouso pode também ser inimigo. Mesmo nos casos de dor aguda, o repouso deve ser mínimo para se proteger e cuidar na região lesionada.


  • 6- Se eu me exercitar, a dor e meus problemas vão piorar
    O exercício na dor aguda na maioria das vezes não é indicado, entretanto, nos casos de dor crônica o exercício pode ajudar a controlar a dor, aumentar a força, a flexibilidade e o condicionamento físico. O fisioterapeuta deve analisar cada caso e indicar os exercícios mais adequados para os pacientes.


  • 7- Ter dor há muito tempo é normal e todo mundo tem
    Sentir dor o tempo todo não é normal e é um fato que precisa ser avaliado. Além do mais, as dores crônicas podem limitar nossas atividades diárias e diminuir nossa qualidade de vida.



  • 8- Quanto mais velho, mais dor eu sentirei
    Nem todo mundo que envelhece sente dor. Quanto mais velhos ficamos, mais nossos músculos e articulações se tornam enfraquecidos, além de outras doenças que causam dor serem mais frequentes. Contudo, isso dependerá muito dos hábitos de vida que cada indivíduo adotou ao longo dos anos. É completamente possível envelhecer com saúde.


Fonte de conteúdo: Faça Fisioterapia

Fonte de imagem: Google