Os coletes para escoliose são leves, personalizados e feitos para serem usados por baixo da roupa e ao redor do tronco. Colete é uma forma de tratamento não cirúrgico utilizado quando a curva esta mostrando sinais de progressão com objetivo de possivelmente lentificar ou prevenir uma progressão adicional da curva enquanto o paciente ainda esta crescendo.

Os coletes são utilizados quase que exclusivamente para tratar a escoliose idiopática. Apenas em algumas situações especiais pacientes com escoliose congênita ou neuromuscular necessitarão um colete.

Os coletes são tipicamente utilizados para tratar pacientes com escoliose idiopática que são esqueleticamente imaturos que ou tem curvas com mais de 2 graus ou uma progressão documentada e comprovada da curva.

O objetivo principal do colete é diminuir ou prevenir a progressão da curva enquanto o paciente ainda esta crescendo.

Tipos de Colete

Existem uma série de coletes para escoliose. Os mais utilizados são:

Colete de Boston (TLSO)

O Colete de Boston é o mais prescrito geralmente nos serviços de escoliose. Feito de materiais derivados do polímero de baixo peso e personalizados para a curva e formato de cada paciente. São feitos para serem utilizados por baixo da roupa e ao redor do tronco, permanecendo discretos e com uma boa aparência cosmética. Eles funcionam aplicando pressão em três pontos estratégicos da curva.

Colete de Milwaukee (CTLSO)

O Colete de Milwaukee foi o primeiro tipo de colete a ser desenvolvido. Apesar de não utilizado tanto hoje, ele ainda tem indicação para curvas muito altas na coluna, perto do pescoço. O Colete de Milwaukee é tipo Cérvico-Tóraco-Lombo-Sacro, ou seja, vai do pescoço até a pelve. Funciona através de tração na coluna e pressão de coxins em pontos estratégicos da curva.

Colete de Charleston

Também conhecido como colete noturno, ele é feito dos mesmos materiais do Colete de Boston, feito personalizado para cada paciente com eles inclinados para o lado contrário ou lado de correção da curva. O Colete de Charleston é normalmente prescrito para curvas entre 20 e 40 graus com um ápice abaixo das escápulas. Como o colete força a correção da curva, não pode ser utilizado durante as atividades diárias e deve ser vestido apenas durante a noite, aplicando forças contrárias à curva.

Fonte: Nelson Astur